9 Razões para tomar o café da Wolff



Cafés WOLFF.

Marcantes, intensos, elaborados e raros.


Livros indicados:


https://amzn.to/3dnauXw Sem morrer, sem temer: Sabedoria confortante para a vida por Thich Nhat Hanh https://amzn.to/2NyfvBA Antifrágil por Nassim Nicholas Taleb https://amzn.to/3ud4cQv 12 Regras Para a Vida por Jordan B. Peterson https://amzn.to/3battlA A elite do atraso: da escravidão a Bolsonaro por Jessé Souza https://amzn.to/3u7B4d2 Biografia da televisão brasileira por Flávio Ricco e José Armando Vannucci https://amzn.to/3bfTy2m


Lua Vermelha por Miranda Gray


Em Lua Vermelha, Miranda Gray resgata a sabedoria do sagrado feminino a fim de mostrar às mulheres modernas como elas podem voltar a aceitar a sua natureza cíclica e se reconciliar com todos os aspectos da feminilidade. A autora oferece métodos e exercícios práticos para você entrar em sintonia com o seu ciclo menstrual, e assim impulsionar sua criatividade, viver sua sexualidade plenamente e aceitar as mudanças naturais do seu corpo e da sua vida.


Lições de um monge para viver no século 21 por Gelong Thubten


Qual o segredo da felicidade? Será que ela é algo que está externo, ou precisamos procurá-la dentro de nós? Este livro, que entrou para a lista de mais vendidos do jornal britânico The Sunday Times, é uma leitura que vai revolucionar sua relação com seus pensamentos e emoções, para ajudar você a criar uma vida de contentamento real e possível. Gelong Thubten, que já ensinou meditação para colaboradores de grandes empresas, como Google e Facebook, reuniu as principais lições para quem deseja encontrar a tranquilidade na correria dos dias atuais. Um guia de meditação para os tempos modernos, para ser lido e relido.


A ridícula ideia de nunca mais te ver por Rosa Montero


Quando Rosa Montero leu o impressionante diário (incluído como apêndice neste livro) que Marie Curie escreveu após a morte de seu marido, ela sentiu que a história dessa mulher fascinante guardava uma triste sintonia com a sua própria: Pablo Lizcano, seu companheiro durante 21 anos, morrera havia pouco depois de enfrentar um câncer. As consequências dessa perda geraram este livro vertiginoso e tocante a respeito da morte, mas sobretudo dos laços que nos unem ao extremo da vida.


Tamires de Carvalho uma das 50 PRINCIPAIS AVALIADORES da Amazon deu

5 estrelas e disse: A ridícula ideia de nunca mais te ver, de Rosa Montero (Todavia, 2019) é um livro estupendo. Já conhecia a autora pelo A Louca da Casa, mas, mesmo se não conhecesse, ficaria tentada a ler esse livro apenas e justamente pelo título. Não é mesmo ridícula a ideia de nunca mais ver alguém que amamos?


A Vida Mentirosa dos Adultos por Elena Ferrante


Em aguardado romance inédito após o sucesso da Tetralogia Napolitana, autora narra os conflitos da adolescência em uma cidade dividida



Sem morrer, sem temer: Sabedoria confortante para a vida por Thich Nhat Hanh


Esta obra escrita pelo poeta, mestre Zen e ativista da paz Tchich Nhat Hanh trata um dos assuntos mais debatidos em toda a história, tentando responder a uma única pergunta "O que é a morte?". Para o autor 'nascimento e morte são apenas portas pelas quais passamos'. Na busca por respostas, o autor nos convida a uma jornada de autoconhecimento e auto-avaliação.


Antifrágil por Nassim Nicholas Taleb


12 Regras Para a Vida por Jordan B. Peterson


A elite do atraso: da escravidão a Bolsonaro por Jessé Souza


Quem é a elite do atraso? Como pensa e age essa parcela da população que controla grande parte da riqueza do Brasil? Onde está a verdadeira e monumental corrupção, tanto ilegal quanto “legalizada”, que esfola tanto a classe média quanto as classes populares?


Por meio de uma linguagem fluente, Jessé apresenta uma visão sobre as causas da desigualdade que marca nosso país. Não a do patrimonialismo, nossa suposta herança de corrupção trazida pelos portugueses, tese utilizada tanto à esquerda quanto à direita para explicar o Brasil, muito menos a do brasileiro cordial, ambíguo e sentimental. No âmago da interpretação de Jessé não está a corrupção política. Para ele, a questão a partir da qual se deve explicar a história passada e atual do Brasil – e de suas classes, portanto – não é outra senão a escravidão.


Sob uma nova perspectiva, ele revela fatos cruciais sobre a vida nacional, demonstrando como funcionam as estruturas ocultas que movem as engrenagens do poder e de que maneira a elite do dinheiro exerce sua força invisível e manipula a sociedade – com o respaldo das narrativas da mídia, do judiciário e de seu combate seletivo à corrupção.


Biografia da televisão brasileira por Flávio Ricco e José Armando Vannucci


Está no ar uma das maiores, mais extensas e significativas pesquisas sobre a história da televisão no Brasil. Os mais importantes profissionais envolvidos com a TV brasileira foram entrevistados para compor um painel amplo desse veículo que, desde 1950, cativa corações e mentes do nosso país e que se tornou um símbolo da cultura nacional, apresentando conhecimento, diversão e informação. Abra as páginas dos dois volumes e faça um passeio por novelas, telejornais, programas humorísticos e esportivos; conheça os empresários e seus canais, além dos astros e estrelas que se consagraram no meio. CAIXA COM DOIS VOLUMES. Capa de Hans Donner.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter