Elimine seus medos e dúvidas sobre criatividade.



Vamos começar fazendo um exercício. Vou te dar 10 segundos para você pensar no máximo de palavras para completar uma frase. Pronto? Vamos la, complete a frase:


TODO ARTISTA É…


Para este exercício vão existir três tipos de respostas. Aqueles que completaram com palavras boas, como TODO ARTISTA É… legal, criativo, livre, feliz, bacana, aqueles outros que completaram com palavras ruins, TODO ARTISTA É vagabundo, bêbado, doido, perturbado e os que ficaram com ambos adjetivos. Em qual grupo você s encontra?


Bom, o que todas essas palavras representam? Crenças. Crença e a visão que temos sobre determinado ponto de vista ou determinado assunto. Mas essa crença só existe dentro de você. Por qual motivo? Não sei… você me diga. O fato é que muitas pessoas se limitam por pensar de uma forma que não é necessariamente verdadeira.


Aqui está uma lista de crenças negativas bem comuns que a autora Júlia Cameron elenca:


“Eu não posso ser um artista bem-sucedido e criativo porque: Todos vão me odiar. Vou magoar meus amigos e minha família. Vou enlouquecer. Vou abandonar meus amigos e minha família. Cometo erros de ortografia. Não tenho ideias suficientemente boas. Meus pais ficarão decepcionados. Terei de ficar sozinho. Vou descobrir que sou gay (se for hétero). Vou me tornar hétero (se for gay). Meu trabalho será ruim sem que eu saiba disso, vou passar vergonha. Vou sentir muita raiva. Nunca vou ganhar dinheiro de verdade. Vou me tornar autodestrutivo, beber, me drogar e transar até morrer. Vou ter câncer, aids – ou então um enfarte ou peste bubônica.”

As crenças negativas são exatamente isto: crenças, e não fatos. Artista não é nada do que foi dito, porque artista é você, sou eu, somos nós. Então artista é legal? Depende… você é legal? Artista é um bêbado e drogado? Bom… eu não sou. Você vai ser o artista que você quiser ser e vai atuar na área que desejar atuar. Eu gostaria que você escolhesse um campo bem artístico mesmo, como música, cinema, teatro, poesia… mas tudo bem se você quiser criar em outros ramos, empreendedorismo, lógica, teoria da computação, pois tudo é válido. Na matemática os pensadores que levaram à diante o conhecimento foram os que ousaram pensar e ser criativos. Einstein desenvolveu toda uma teoria sem ter contato com nenhuma evidência científica, através da sua imaginação. E se Einstein pode… você também pode, né?


E de onde vem esses medos e dúvidas sobre o se permitir artista? Muitas vezes são frases ou exemplos que reconhecemos em nossa própria família. Quando crianças absorvemos uma quantidade enorme de ensinamentos que levamos como verdades para o resto da vida.


Sugiro que assistam ao vídeo A BIOLOGIA DA CRENÇA que fiz para o canal LER É VERBO no YouTube. Lá explico melhor de como funcionam esses pensamentos que nos limitam.




Mas como podemos quebrar esses pensamentos? Uma das maneiras é através da afirmação. E é algo que você tem que fazer, pois as crenças são nosso inimigo número um. No curso, no quarto vídeo eu apresento as ferramentas básicas, que vão ajudar muito a identificar e a quebrar suas crenças. O primeiro módulo do curso também trata da recuperação do senso de segurança, identidade, poder e integridade, onde vamos atacar de frente estas crenças.


Mas podemos começar já. Que tal? Se você foi um dos que falou alguma palavra negativa sobre o artista, pegue agora um papel e reescreva a frase, porém agora de forma afirmativa. Então se você disse que TODO ARTISTA É VAGABUNDO, você vai escrever SER ARTISTA É TRABALHAR COM CRIATIVIDADE. Ou SER ARTISTA É SER CRIATIVO E INOVADOR. E vai colar esse post-it ao lado da sua tela de computador, para ler todos os dias. Através da afirmação da repetição você vai conseguir se liberar desses pensamentos.


Mais algunas AFIRMAÇÕES CRIATIVAS para você:


Estou disposto a aprender e a me deixar criar.

Estou disposto a viver a experiência da minha energia criativa.

Estou disposto a usar meus talentos criativos.


Um grande abraço, boa sorte e até a próxima! Valeu!

30 visualizações
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter